Buscar
  • Wilson Silva

RETOMADA-DICAS para Agências de Viagens


Como será a retomada? Como será o Pós – Covid 19 ?

Recentemente escrevi um artigo sobre oportunidades pós - Covid 19 e decidi separá-lo por focos de atuação. o post dessa semana é voltado para agências de viagens, com dicas úteis e que poderão apoiá-lo na elaboração de um planejamento adequado para o seu negócio.

Confira abaixo algumas dicas interessantes:


  1. A retomada será lenta, não adianta apressarmos. Melhor buscarmos a recuperação com saúde do que inapto do ponto de vista saudável.

  2. A maioria das famílias está nesse momento fazendo, ou já fez, o seu planejamento de custos, revendo prioridades e adequando orçamentos, o mesmo vale para empresas. Será mesmo a hora de fazer promoções para destinos paradisíacos com preços especiais? Estamos em plena pandemia e precisamos entender o time certo para tudo. Que tal cuidar do seu cliente de outra forma? Acredite, em meio à crise temos exemplos super criativos e que o encantam fortemente. Com certeza, pós – pandemia, será mais fácil gerar receita com esse cliente.

  3. Nunca o valor agregado fez tanto sentido. O cliente não deseja falar com uma máquina.  Agora é a hora do valor humano, isso surtirá muito mais efeito. Seguindo essa linha, as pequenas e medias agencias terão grandes oportunidades.

  4. Que tal fazer o seu planejamento de custos e adequá-lo para 6 meses? Alguns poderão não ter capital de giro para esse período, por isso é hora de rever custos e adaptar-se da melhor maneira.

  5. As grandes agencias devem focar no suporte aos seus clientes e adequação à nova realidade de políticas de viagens. Isso vai exigir uma consultoria especializada no tema.

  6. As reduções devem ser feitas prezando sempre pela integridade com os colaboradores, afinal, todos eles se dedicaram por um período e merecem um tratamento proposto nos valores de cada empresa, na pratica, não em discurso ou apresentações comerciais.

  7. Quando o mercado retomar, o viajante voltará e buscará um atendimento humanizado e especializado.

  8. Não adianta comercializar destinos onde houveram picos absurdos de casos. Apostem no Brasil, vamos fortalecer nossa economia. Precisaremos disso!

  9. Por mais que aqui possamos ter um alto numero de infectados no futuro, não esqueçam: estamos em nosso país, nossa língua, nossa estrutura.

  10. Além disso, daria uma dica especial aos hoteleiros nacionais e cias. Aéreas – que tal nos unirmos e lançarmos uma campanha em prol do nosso país? Com tarifas e ofertas imbatíveis e que farão o brasileiro pensar em viajar novamente. Precisamos desmistificar a ideia de que as tarifas nacionais são caras e que por isso o brasileiro vai pra fora.

  11. Pessoal, o dólar está alto! Vamos favorecer nossa economia, agora é a hora! Não pensem em tirar o atraso quando esse período acabar, pelo contrário, invistam em promoções e ideias criativas!

  12. Nunca o marketing será tão essencial para destinos, hotéis, agencias e redes do nosso setor.

As oportunidades para o setor de eventos também serão enormes, não poderia esquecer disso!

Mas com um detalhe – ainda haverá um distanciamento social. Nesse quesito, empresas de eventos precisarão atuar de maneira criativa para promover eventos corporativos e sociais, mas sem deixar de lado esse ponto tão importante. Uma coisa é fato: é possível fazer, basta parar e pensar! Ou caso deseje, também poderá contratar uma consultoria especializada no tema.

Fique atento à todas oportunidades e divida as etapas do seu planejamento com a sua equipe, afinal ela precisará estar totalmente engajada para o sucesso do seu negócio!

Abraços,

Wilson Silva



11 visualizações0 comentário

Desenvolvido por C3 Estratégia e Marketing 

  • LinkedIn ícone social
  • Instagram